Vela – Quarteira – 470 velejadores que se preocupam em participar nos Jogos Olímpicos – desporto

Vela – Quarteira:470 velejadores devem se preocupar em participar das Olimpíadas

Diretamente do canal de notícias dpa

Vilamoura (dpa) – O sonho olímpico dos 470 melhores velejadores da Alemanha está prestes a explodir. Em plena copa do Mundo da região portuguesa antes de Vilamoura, Malte Winkle / Matte Sebra (Kiel) e Simon Desh / Philip Ottenrith (Degerhausertal / Augsburg) ficaram nos 13º e 15. Na frente deles após sete corridas com Portugal colocado Suíça, Hungria e Israel quatro países ao mesmo tempo., Que também luta pela vaga da última nação livre da Seleção Europeia masculina 470. A dupla alemã ainda tem três dias de Copa do Mundo para dar a volta por cima.

O cenário é mais agradável para as 470 velejadoras: elas já garantiram o palco do seu país para os Jogos Olímpicos do Mundial 2019. Em Portugal, quatro selecções femininas disputam apenas um bilhete alemão para os Jogos de Tóquio. No final da primeira metade da Copa do Mundo, Louis Wancer / Anastasia Winkle (Hamburgo) terminou em nono contra Teres Dank / Bert Winkle (Kiel, 12), Nadine Baum / Ann Christine Julia (Munique / Kiel, 13º lugar) e Frederick Lowe / Anna Markfort (Berlim, 14º lugar).

As duplas femininas alemãs não só precisam se afirmar em lutas a quatro contra as competidoras nacionais, mas também cumprir os padrões da Federação Alemã de Esportes Olímpicos (DOSB). Neste caso específico, isso significa que a Copa do Mundo será a única restante das três regatas originalmente planejadas que serão concluídas nos dez primeiros países e atingirão pelo menos o 12º lugar. A pandemia do Coronavirus e a série de corridas de barcos canceladas levaram a um impasse na Copa do Mundo.

READ  Uma característica secundária do Arsenal Xhaka

© dpa-infocom, dpa: 210310-99-769181 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *