Sem feriado da Páscoa – Portugal tornou as regras de entrada mais rígidas

Madrid. O governo português decidiu em decreto restringir ainda mais a entrada no país a partir de hoje (1 de abril) devido à epidemia de Covid-19. Só são permitidas viagens de férias a Portugal a partir de países europeus com uma incidência de 14 dias inferior a 150. No caso da Alemanha, este valor é 195 (no caso do Luxemburgo 440): a partir daqui, só são permitidas viagens aéreas para um destino importante razão.

A fronteira terrestre de Espanha a Portugal também está fechada para viagens de férias. Os regulamentos de entrada mais rígidos aplicam-se até 15 de abril.

Portugal tem o menor número de Corona na União Europeia

Em Portugal, a taxa de incidência durante 14 dias ronda os 70 dias, de acordo com os dados divulgados pela Agência Europeia de Protecção das Doenças (ECDC), que é de longe a mais baixa da União Europeia. Para evitar que a epidemia reapareça durante a Páscoa, severas restrições também estão sendo impostas ao movimento dentro do país.

Como resultado do novo regulamento de entrada, o organizador Olimar cancelou os voos para Portugal em abril. “Mas essas foram apenas algumas viagens”, disse o presidente da empresa, Marcus Zahn, à revista.FVWO novo regulamento não o surpreendeu: no início de fevereiro, o país anunciou que limitaria os voos durante o feriado da Páscoa e os tornaria pouco atraentes.

READ  Ex-presidente Lula: recurso contra revogação de sentenças

We will be happy to hear your thoughts

      Leave a reply

      Rede Piauí