Portugal: Abuso de estudo da Comissão de Bispos

Bispos portugueses querem investigar casos de abuso de menores na Igreja Católica do país. Um painel independente de seis especialistas, liderado pelo psiquiatra infantil Pedro Strecht, deve começar seus trabalhos em janeiro, anunciou a Conferência Episcopal Portuguesa. Um relatório provisório deve estar disponível até o final de 2022.

O Comissário Strecht encorajou “todos os que foram vítimas destes crimes hediondos” a apresentarem-se. “O que me assusta é não saber quantas pessoas foram assediadas, e o que vai aparecer. Mas espero que aconteça, e isso é do nosso interesse”, citou o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, Dom José Ornillas Carvalho, citado pelo meios de comunicação.

O trabalho da comissão é intitulado “Dar voz ao silêncio” (“Dar Foz ou Silencio”). De acordo com relatos da mídia, ainda não houve uma investigação pública nacional sobre a agressão sexual de menores na Igreja em Portugal. Dos 10,3 milhões de habitantes de Portugal, pelo menos 85% pertencem à Igreja Católica.

“O que me assusta é não saber quantas pessoas foram maltratadas e o que vai acontecer. Mas espero que sim, é do nosso interesse”

(kna – sst)

READ  Portugal pode ser capaz de vacinar 80% da população contra COVID-19 Vírus Corona

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Rede Piauí