O presidente Bolsonaro vai substituir seis ministros

A assessoria de imprensa do Bolsonaro anunciou segunda-feira que Walter Souza Braga Neto foi confirmado como ministro da Defesa e Carlos Alberto Franco Franco foi nomeado ministro das Relações Exteriores. Substituíram Fernando Azevedo e Silva e Ernesto Araujo.

Araujo tem sofrido críticas crescentes recentemente por seu papel como Secretário de Estado. Ele foi acusado de não conseguir garantir suprimentos adicionais de vacinas da China e dos Estados Unidos para seu país. O político é um aliado próximo do Bolsonaro. Araujo é considerado um crítico vocal da China e um admirador do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

No entanto, não houve indicações públicas de demissão do ministro da Defesa, Azevedo e Silva. O general da reserva de 67 anos disse em um comunicado por escrito que serviu a Bolsonaro de todo o coração desde que assumiu o cargo em janeiro de 2019. A troca de outros cargos no gabinete também foi uma surpresa completa para os observadores.

Apenas em meados de março, Bolsonaro voltou a conversar com o ministro da Saúde sobre as divergências no enfrentamento do vírus. O presidente vem minimizando os riscos no país duramente atingido pelo vírus desde o início da pandemia.

O Brasil foi duramente atingido pela pandemia Corona. Em nenhum outro país há tantas pessoas morrendo por causa da Covid-19 todos os dias quanto no Brasil. Apenas alguns dias atrás, o número de mortes de corona ultrapassou a marca de 300.000.

READ  Disneyland Annual Pass program ends!

We will be happy to hear your thoughts

      Leave a reply

      Rede Piauí