futebol | Eliminatórias para a Copa do Mundo: Sérvia choca Portugal e Espanha na Copa do Mundo de 2022

Status: 14/11/2021 22:41

Com um gol no último minuto, a Sérvia venceu em Portugal e se classificou diretamente para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. A Espanha derrotou a Suécia. Antes disso, a Croácia já havia se classificado diretamente contra a Rússia.

A Espanha venceu a Suécia por 1-0 (0-0) no domingo (14/11/2021) com um golo tardio e, assim, conseguiu se classificar diretamente. Portugal abandonou o empate, que teria bastado para a posição do Grupo 1, no último minuto e perdeu para a Sérvia por 1: 2 (1: 1). Suécia e Portugal têm de ir para os playoffs.

Os 10 segundos classificados e os dois primeiros vencedores do grupo da Liga das Nações da UEFA estarão representados nos jogos do “play-off” (24/25 e 28/29 de março). O sorteio das eliminatórias acontecerá no dia 26 de novembro (sexta-feira), em Zurique.

Grupo A: Mitrovic chocou Portugal

Os minutos finais em Lisboa foram emocionantes: aos 90 minutos, os sérvios marcaram o golo da vitória por intermédio de Aleksandar Mitrovic e fizeram o 2-1 (1-1), virando o jogo. Em caso de empate, Portugal teria se classificado diretamente.

Portugal assumiu a liderança cedo (2) graças ao ex-residente em Munique Renato Sanchez. Os sérvios pressionaram-nos e, graças a Dusan Tadic, fizeram uma compensação merecida (33º lugar). Nos acréscimos, Mitrovic causou aplausos na Sérvia. A Irlanda terminou em terceiro no Grupo A com uma vitória por 3-0 (0-0) em Luxemburgo.

Grupo Dois: Morata termina a Espanha com atraso

Alvaro Morata (à direita) comemora seu gol de compensação contra a Suécia

Foto: dpa

Os espanhóis dominaram a partida contra a seleção sueca comandada pelo árbitro alemão Felix Brych diante de seus torcedores. Só aos 86 minutos é que Alvaro Morata marcou. A Suécia ficou sem o atacante Zlatan Ibrahimovic como titular e raramente irradiava perigo. Emil Forsberg de Leipzig perdeu a maior chance (40).

READ  A estrela do Paris Saint-Germain, Neymar, fala sobre lesão na Copa do Mundo de 2014: "Sofri muito"

Grupo H: Croácia vence a Batalha de Split Water

Com a vitória de Said por 1-0 (0-0), a Croácia avançou no Grupo H. E um gol contra do russo Fedor Kudryashov aos 81 minutos decidiu a partida em Split para a Croácia.

Cena do jogo Croácia e Rússia

Foto: IMAGO / SNA

A Rússia agora tem que dar um passo difícil para a qualificação, já que apenas mais três ingressos serão concedidos para a Copa do Mundo.

A partida em Split sofreu chuvas torrenciais. O chão do Bullgood Stadium estava completamente molhado e os volumes de água dificilmente possibilitavam uma boa partida de futebol.

A capa russa resistiu por muito tempo aos ataques desesperados dos croatas. Um empate foi suficiente para a Rússia se qualificar diretamente. Quando já havia muitos sinais de zero nesta batalha da água, o golpe decisivo foi dado.

Era mais do que apenas um alvo infeliz. Depois de um cruzamento croata bastante inofensivo da metade esquerda do campo, a bola deslizou por Kudryashov, que estava sozinho no segundo poste, para a parte interna do tornozelo e de lá o imparável goleiro Matvey Safonov para o canto inferior direito do gol . Meta.

Grupo X: Macedônia do Norte deixa a Romênia

No Grupo X da Alemanha, a Macedônia do Norte terminou em segundo lugar no duelo de longa distância com a Romênia com um placar de 3-1 (1-0) contra a Islândia e, portanto, participou dos playoffs. Por outro lado, os romenos tiveram que enterrar suas esperanças de participar da Copa do Mundo, apesar da vitória por 2 a 0 (1 a 0) sobre os anfitriões do Liechtenstein.

A Macedônia do Norte, parceira da Alemanha, que venceu a seleção da DFB por 2 a 1 na primavera, ganhou a vantagem por um ponto graças a dois gols dos legionários italianos Elif Elmas. Darko Chorlenov, jogador do Estugarda, retirou mais um golo (40) após intervenção do árbitro assistente de vídeo devido a uma situação de impedimento. Jon Dagor Thorstenson (54) marcou pela Islândia, e Isaac Johansson (79) marcou amarelo e vermelho.

READ  Desmatamento continua na Amazônia em níveis recordes

A Romênia, que entrou na partida decisiva contra o Liechtenstein com o jogador emprestado Dragos Nedelko da equipe da segunda divisão Fortuna Dusseldorf, não aproveitou os gols de Dennis Mann (8) e depois de um pênalti falhado antes do intervalo por Nikosur Banko (87) na final. estágio.

Aqueles: sportschau.de

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Rede Piauí