Foco Corona / Luxemburgo envia equipe médica para Portugal

Portugal continua a ser um hotspot para Corona e os hospitais estão sobrecarregados há semanas. França e Luxemburgo também estão enviando médicos e enfermeiras para a Alemanha.

Depois de um longo período de idas e vindas, Luxemburgo agora também se juntará a Portugal na crise da Coroa. Um médico e uma enfermeira viajam a Portugal no dia 14 de fevereiro para prestar assistência hospitalar em Évora. Outra equipe de duas pessoas será enviada no fim de semana de 20.

Na tarde desta sexta-feira, realizou-se uma última videoconferência entre as autoridades portuguesas, a Santé e o Itamaraty do Luxemburgo. Além de uma equipe luxemburguesa, foram transferidos um médico francês e três enfermeiras. Vão trabalhar no Hospital de Almada, na zona sul de Lisboa.

De acordo com a Agence France-Presse, o governo português já anunciou ajuda interna europeia na noite de quinta-feira. Ela disse de Lisboa que as duas regiões afetadas de Portugal estão sobrecarregadas com o afluxo de pacientes que sofrem de Covid-19.

O comunicado afirma ainda que o Ministério da Saúde “aceitou a assistência prestada pelos governos do Luxemburgo e da França” para apoiar os cuidados intensivos “em hospitais sob grande pressão”. A chegada está prevista para “na semana de 15 de fevereiro” e por um período de “15 dias”.

Global Corona hotspot por semanas

Portugal tem sido um hotspot global para a Corona há semanas. A ajuda do Luxemburgo é discutida há muito tempo. Em 19 de janeiro, o Ministro das Relações Exteriores Jean Asselborn e a Ministra da Saúde Paulette Lennert (ambos do LSAP) em resposta a um pedido parlamentar urgente dos Representantes do Hacking Sven Clement e Mark Juergen deixaram claro que era possível cuidar de pacientes Covid de Portugal em Luxemburgo .

READ  Xiaomi Mi 11 e Mi 11 Pro: as capas revelam a grande diferença!

Na altura, porém, nenhuma assistência foi recebida de Portugal. Pilotos de resgate de Luxemburgo da equipe de resgate aéreo confirmaram novamente ContatoA transferência de pacientes Covid pode ocorrer apesar da distância de Portugal para o Luxemburgo. Até o momento, não houve voos para pacientes; O atendimento que foi combinado agora será feito no local.

Portugal já aceitou a ajuda da Alemanha, que enviou uma equipa de 26 médicos e enfermeiras militares a uma unidade de cuidados intensivos com oito leitos num hospital privado de Lisboa. (AB com AFP)

imagem simbólica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *