Dois terços dos restaurantes em Portugal estão em risco de falência – EURACTIV.com

Dois em cada três na indústria portuguesa da restauração estão atualmente em condições de não poderem pagar salários; Quase 60 por cento disseram que estão à beira da falência.

Este é o resultado de uma pesquisa realizada pela Associação de Restaurantes PRO.VAR. Portanto, a organização está pedindo urgentemente medidas adicionais para apoiar a indústria.

De acordo com a pesquisa, realizada entre 28 de janeiro e 6 de fevereiro, eles 61,4% das empresas perdem mais da metade de suas vendas.

Enquanto isso, uma em cada cinco empresas estava com os salários atrasados, dois terços não conseguiam pagar todos os custos e quase metade das empresas (46,3%) estavam insolventes ou falidas.

No entanto, quase 60% das empresas não receberam nenhum apoio por não serem elegíveis.

“Fechado e sem subsídios, e dados esses números, o governo não tem escolha a não ser colocar em prática mecanismos de apoio adicionais para resgatar empresas que no início de 2020 façam seus trabalhos por meio da criação de empregos, criação de riqueza e impostos.” A associação disse em um comunicado.

Na Alemanha, desde novembro, apenas restaurantes e bares alemães são permitidos para entrega ou show.

No curto prazo, o governo federal está se concentrando nas taxas de infecção em vez de propor planos para reabri-las.

O Ministério Federal da Economia (BMWi) confirmou recentemente à EURACTIV Alemanha que a última rodada de auxílio temporário, em vigor até junho, reembolsa as empresas até 90% dos seus custos fixos.

READ  Portugal proíbe voos do Reino Unido e Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *