Coronavírus: é assim que é perigosa a mutação brasileira

Até agora, 4.411 casos de variantes mutantes do coronavírus foram detectados na Suíça – cerca de 60% a mais do que na semana passada, explicou Virginie Masire, do Escritório Federal de Saúde Pública, em uma entrevista coletiva na terça-feira. A maior parte disso é a versão britânica.

Mas agora a variante brasileira com o nome “P.1” foi descoberta pela primeira vez na Suíça. Como isso poderia chegar à Suíça ainda não está claro. Mas, “a alternativa é mais contagiosa”, diz Masire. Os resultados iniciais indicam que esta variante pode ser a mais grave, como o tipo “Taj-Anziger” Escreve.

Postado: 02/09/2021 22:40

Última atualização: 10 de fevereiro de 2021, 10h04

READ  Ajuda Corona do exército alemão: "Os portugueses estão muito gratos"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *