Brasil registra novo recorde de mortes diárias por Corona

Brasil registra novo recorde de mortes diárias por Corona

Cemitérios Corona em Manaus

Cemitérios Corona em Manaus

© 2021 AFP

Um triste recorde no Brasil: as autoridades do país sul-americano registraram mais de 2.200 mortes relacionadas ao Coronavírus em 24 horas.

Um triste recorde no Brasil: as autoridades do país sul-americano registraram mais de 2.200 mortes relacionadas ao Coronavírus em 24 horas. Conforme o Ministério da Saúde de Brasília anunciou na quarta-feira, 2.286 pessoas morreram em decorrência do Covid-19 desde terça-feira. O número de mortes relacionadas à corona no país aumentou para 270.656. Mais mortes por corona foram contadas nos Estados Unidos apenas desde o início da epidemia.

O Brasil também registrou um novo aumento de casos: segundo as autoridades, cerca de 80 mil novas infecções foram registradas em 24 horas. Desde o início da epidemia, mais de 11 milhões de 212 milhões de brasileiros tiveram teste positivo para o Coronavírus.

Os especialistas presumem que o aumento acentuado no número de infecções e mortes se deve a novas variantes virais que são mais infecciosas do que a forma original do patógeno Covid-19. A cientista Margaret Dalkolmo, do Centro de Pesquisas Fiucruz, disse à Agence France-Presse que a epidemia no Brasil “atingiu seu pior momento”. “O ano de 2021 ainda é um ano muito difícil.”

O líder de direita brasileiro Jair Bolsonaro rejeita as restrições impostas à vida pública devido à pandemia Corona e às máscaras. Desde o início da epidemia, ele reduziu os riscos do Corona, descrevendo o vírus, entre outras coisas, como uma “gripe menor”. Também tira sarro das vacinas.

France Press Agency

READ  China lança sonda para coletar amostras da lua | Notícias e análises internacionais | DW

We will be happy to hear your thoughts

      Leave a reply

      Rede Piauí