Astronautas investigam possíveis vazamentos na Estação Espacial Internacional | Imprensa livre

A tripulação da Estação Espacial Internacional temia três novos vazamentos – e agora a cautela é cristalina. Um microscópio especial foi movido para o espaço para uma área difícil de alcançar.

MOSCOU (dpa) – Ao buscar mais vazamentos na Estação Espacial Internacional (ISS), a tripulação deu toda clareza com cautela.

Inicialmente, os astronautas temiam pelo menos três novos vazamentos. Eles agora foram verificados. O resultado: “Há um arranhão em algum lugar e em outro lugar há um arranhão”, disse o astronauta Sergei Rishiko, da agência russa Interfax.

O resultado da verificação de um local de difícil acesso sob um tubo suspenso permanece. Como evidenciado por mensagens de rádio da tripulação para o centro de controle de vôo, as gravações agora são avaliadas por um microscópio especial. O microscópio foi trazido para a Estação Espacial Internacional em uma nave de carga do espaçoporto de Baikonur, no Cazaquistão, na semana passada.

No outono, a tripulação encontrou um buraco de 4,5 cm e o fechou temporariamente. Ela acrescentou que deve ser fechado novamente na próxima segunda-feira. Os astronautas serão treinados nisso no final da semana.

Existem atualmente sete viajantes espaciais em um foco humano 400 quilômetros acima da Terra – além dos dois russos, há quatro americanos e um japonês.

30 dias para 20,99 euros Experimente 0 €

Acesse todo o conteúdo do site freiepresse.de e do e-paper. (Termina automaticamente)

Atualmente
0 euros
Em vez de 20,99 euros

READ  A ciência recomenda ter cuidado ao decodificar | NDR.de - notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *