Apesar da derrota por 2: 3 – o Porto Juventus é eliminado da Liga dos Campeões após uma partida emocionante – esporte

  • Embora a Juventus de Torino tenha vencido a segunda mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, frente ao Porto, por 3-2 após a prorrogação, os italianos foram eliminados.
  • O Porto qualificou-se para os quartos-de-final graças a uma diferença de 2-1 na primeira mão e à regra dos golos fora de casa.
  • Os portugueses marcaram o golo decisivo nos acréscimos, em maior número.
  • Na outra partida, na noite de terça-feira, o Dortmund se classificou para a próxima rodada depois de empatar em 2 a 2 na segunda mão contra o Sevilla.

O futebol pode ser tão lindo! O FC Porto chegou aos quartos-de-final da Champions League depois de um jogo louco contra a Juventus de Turim. Apesar de uma derrota por 3-2 após prolongamento em Turim, os portugueses qualificaram-se para a eliminatória seguinte graças a uma vitória por 2-1 na primeira mão e à eliminação da Juventus da “Primeira Divisão”.

O golo decisivo dos portugueses, que tinham de jogar por um homem a menos que aos 54 minutos, foi marcado por Sergio Oliveira aos 115. O jogador do Porto tentou a sua mão numa cobrança de falta de uma distância de cerca de 30 metros com um rasteiro chute de baixo da parede e acerta o goleiro da Juventus, Wojciech Cesne.

O ataque do Rabiota não serve mais

Qualquer um que confiou nos últimos minutos tranquilos após 2: 2 foi negligenciado dois minutos para o gol do Porto. Adrien Rabiot marcou de imediato e voltou a assumir a liderança para o favorito. Para recuperar a hipoteca da primeira mão, os italianos tiveram que marcar outro gol. Mas isso não funciona mais.

O Porto recompensou-se com um lugar nos quartos-de-final pelas boas atuações na primeira mão e na primeira parte da segunda mão. E também desafie todas as adversidades na segunda rodada.

READ  3 notes after the huge Joel Ambiad match helped the Sixers outperform the Celtics

Pois isso não podia ser pior para o forasteiro, que assumiu a liderança após cobrança de pênalti de Oliveira aos 18 minutos, no intervalo. Aos 4 minutos do segundo tempo, a “velha” fez o empate. Cristiano Ronaldo rematou de cabeça para Federico Chiesa após cruzamento de Leonardo Bonucci, que deu uma bela guinada com o pente no canto superior direito.

Estupidez de Taremi

Os portugueses desistiram aos 54 minutos, mas Mehdi Tarimi viu-se amarelo e vermelho dois minutos após o primeiro cartão amarelo (contra o Chiesa) após um ato muito estúpido. Embora a partida já tivesse sido interrompida, o iraniano chutou para longe. O jovem de 28 anos precisava tomar banho e não fazia parte da equipe.

Aos 63 minutos, foi Kiza quem fez o 2-1. Mas apesar de sua superioridade numérica e assustadora, os italianos lutaram contra a defesa do Porto comandada pelo veterano Pepe. O alienígena se salvou na prorrogação e causou uma grande surpresa com isso.

Enquanto os campeões portugueses podem esperar pela qualificação para a próxima eliminatória, a Juventus de Torino terminou nas oitavas de final como no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *