Acabar com o estilo de vida sedentário em 2021! Veja exercícios para fazer em casa

Com medidas de isolamento social, a pandemia interrompeu a rotina de muitos brasileiros. Isso deu lugar a outro inimigo da saúde: o estilo de vida precário. A nova realidade, prejudicial ao corpo e à mente, tem se mostrado particularmente difícil para as mães que, entre o trabalho doméstico e o trabalho em casa, ficam sobrecarregadas de trabalho e não têm tempo para cuidar de si mesmas. Houve o surgimento das videoaulas de atividade física na rotina, e ela conquistou cada vez mais adeptos ao longo dos meses de isolamento.

Sarah Strabzon, 31, estava procurando uma solução para o estresse e a baixa autoestima quando descobriu as aulas virtuais de educação física. Auxiliar Financeira, mãe de dois filhos – Marco Aurélio, 12, e Jovem Lara, 1 – viu sua saúde sucumbir ao peso do trabalho doméstico e do teletrabalho. Ela também está sentindo desconforto no corpo que foi submetido a uma cesariana há alguns meses.

A rotina com a criança no meio da epidemia me fez esquecer de mim mesma. Eu ainda estava com roupa de maternidade, não me olhava e ficava horrorizada – diz ele: – A epidemia estava passando e eu estava com sobrepeso. Chegou um momento em que eu disse: Não, isso deve mudar.

Em junho, conheci o canal de educação financeira da educadora física Rô Nascimento no Youtube, que tem como foco a saúde da mulher durante a gravidez e após o parto. Os exercícios visam moldar o abdômen sem danificar a erupção, que ocorre quando os músculos abdominais se afastam até o bebê crescer. Strabazon diz que perdeu 12 kg em seis meses:

– Você obteve um resultado muito bom. Eu também parei de ter dores nas costas.

A busca por aulas online aumentou em caso de pandemia

Como muitos outros profissionais de educação física, Roberta Nascimento teve que se redescobrir nesta pandemia. E funcionou. A professora percebeu o aumento da demanda por vídeo-aulas – além do compartilhamento nas redes sociais. O número de seguidores em seu Instagram, que chegou a cerca de 9 mil em fevereiro deste ano, hoje é de cerca de 130 mil. O número de alunos ativos saltou de 700 para mais de 2.000.

Seu canal, Extroversão na Prática, aposta em uma abordagem multidisciplinar, com a ajuda de psicólogos e nutricionistas, para resolver queixas comuns das mães, como sedentarismo, ganho de peso, dores musculares, tensão e ansiedade.

– Tudo começou a partir da dificuldade que tive para criar uma rotina de atividade física voltada para gestantes. O que vejo mais hoje são mulheres tentando reforçar o padrão “eu posso, eu posso” e se auto-violando com exercícios físicos. É imprescindível buscar o corpo que aperfeiçoamos sem exagerar – diz o profissional.

Para desenvolver o hábito de se exercitar, todos devem começar com uma atividade que os agrade. Vale a pena dançar, pular corda, caminhar e fazer ioga, por exemplo. A intensidade da prática deve, segundo o profissional, ser uma preocupação secundária.

READ  Eu não quero focas de circo ou malabaristas. Quero jogadores de futebol ″

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Rede Piauí