488 GT modificado. Nova arma de pista da Ferrari – Observer

A boa notícia chega de Maranello para os amantes Trilha de dias. Há um novo “jogo” para explorar ao máximo no ringue: o 488 GT Modificata é a mais recente inovação da Ferrari para uso exclusivo na pista, aproveitando o que o 488 GT3 e o 488 GTE já têm a oferecer, tecnologicamente falando.

A marca Cavallino Rampante informa que se trata de uma edição limitada, sem especificar um número “mínimo” de unidades que serão produzidas. No entanto, sabe-se que os engenheiros deram atenção especial ao motor, agora sem as limitações do BOP (Equilíbrio de desempenhoImposto pela Federação Internacional do Automóvel.

Como resultado, alguns componentes foram redesenhados e o motor V8 biturbo agora entregará 700 cv, com entrega de potência e torque regulados por diferentes relações de transmissão e uma embreagem de fibra de carbono. Além disso, este é o material praticamente preferido para toda a carroceria do superesportivo (exceto o teto), e visa não só reduzir o peso, como acontece no GTE, mas também aumentar a eficiência aerodinâmica. E os números falam por si: a 230 km / h. downforce 488 GT Modificata raças maiores que 1.000 kg. Para isso, o centro de pressão foi movido para frente, permitindo que o superesportivo italiano seja menos sensível às mudanças no ângulo da asa traseira.

A Ferrari diz que é hora de frear e a eficiência também está garantida. O fabricante desenvolveu um sistema de freio com Brembo que inicialmente limitaria os chamados desbotando, Isto é, perda de eficiência devido ao aumento da temperatura e corrosão.

Projetada para a competição, a Ferrari vem equipada de série com o V-Box e o Bosch, um sistema de medição de pressão e temperatura dos pneus, entre outras coisas. No entanto, a marca afirma que qualquer pessoa deseja personalizar seu aparelho como quiser (e pagar por isso).

READ  Decepcionado com o Exynos da Samsung? O próximo vai te surpreender!

We will be happy to hear your thoughts

      Leave a reply

      Rede Piauí