Por: Pedro Henrique Santiago
Repórter

Trabalhador é flagrado arriscando a vida em edifício

Especialista analisa que a cultura do trabalhador em não usar os equipamentos de segurança ainda é um fator preocupante

Na tarde de ontem, 05, um técnico em refrigeração foi flagrado arriscando sua vida enquanto retirava dois aparelhos de ar condicionado, em um prédio comercial, localizado na Avenida Raul Lopes, zona leste de Teresina.

A redação do Rede Piauí de Notícias recebeu imagens de um homem, não identificado, que não portava nenhum equipamento de proteção individual (EPI), o que poderia lhe proteger de qualquer possível acidente mais grave.

Nas últimas semanas, dois homens, um em Barras, norte do estado, e outro em Redenção do Gurguéia, sul do estado, não estavam portando nenhum equipamento de proteção e com isso, o primeiro teve traumatismo craniano e o segundo acabou falecendo.

homem arrisca a vida
Homem arrisca a vida enquanto retira ar condicionados / Crédito: WhatsApp
homem arrisca a vida
Crédito: WhatsApp

ESPECIALISTA ALERTA PARA USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO NO TRABALHO

Para prevenir acidentes, o uso de equipamentos de proteção individual como óculos, cinto ou capacete é obrigatório, mas não suficiente. “É dever do empregador conhecer e cumprir regras estabelecidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), através das normas NR-18 (conjunto de regras legais de controle e prevenção de acidentes na construção) e NR-35 (medidas de prevenção de acidentes para trabalhos a mais de dois metros de altura)”, diz o engenheiro civil e especialista em segurança do trabalho, José Carlos de Arruda Sampaio.

Na visão do especialista, o conforto que o equipamento oferece é uma das características da adequação ao uso. "Assim, o equipamento deve ser confortável ao usuário e o Brasil possui esses equipamentos de excelente qualidade, mas o problema está no uso”, finaliza.

HOMEM TEM TRAUMATISMO CRANIANO

Na tarde do dia 23,de janeiro, um homem caiu de um telhado de um posto de gasolina enquanto estava realizando um trabalho na estrutura de ferro, na cidade de Barras.

O homem identificado com Renato perdeu o equilibrio e caiu, tendo fratura no braço direito e suspeita de traumatismo craniano.

SERRALHEIRO MORRE EM OBRA

 Foi registrado no dia 30 de janeiro, um grave acidente no municipio de Redenção do Gurguéia . O caso aconteceu com um serralheiro identificado como Aylon Vogado, e segundo informações de populares, no momento do acidente ele estava montando um galpão de ferro em uma obra do governo do Estado. Ainda segundo os populares, a estrutura é do colegio Marcos Parente e o homem estava a aproximadamente 8 metros de onde caiu.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS