Por: Thiago Andrade
Repórter

Teresina pode ter novo museu da cultura piauiense

A proposta também tem como finalidade a reocupação do Centro da Teresina

O governador do Piauí, Wellington Dias, encontrou-se, hoje segunda-feira (08), no Palácio de Karnak, com o presidente da Academia Piauiense de Letras (APL), Nelson Nery Costa e com o presidente do Instituto Histórico e Geográfico Piauiense, professor Fonseca Neto. Na oportunidade, falaram acerca da possível construção de um novo museu da cultura piauiense, em Teresina.

A intenção é estabelecer um centro de referência, pesquisa e promoção da história do Piauí. "Queremos transformar a antiga sede do Tribunal de Contas, localizada na rua Álvaro Mendes, em mais um espaço cultural. Um projeto ousado, que possa devolver a cultura para a sociedade, que mostre o nosso passado, mas que também discuta o futuro do estado", explicou Nelson Nery.

A intenção é estabelecer um centro de referência, pesquisa e promoção da história do PiauíA intenção é estabelecer um centro de referência, pesquisa e promoção da história do Piauí (Foto: 45Graus)

A proposta também tem como finalidade a reocupação do Centro da Teresina. "Entendemos que esses espaços são o futuro de Teresina. Ao anoitecer, o Centro para, se torna em um lugar inóspito, com a baixíssima presença de pessoas. Esse Centro precisa ser refuncionalizado, ter vida. Um dos mecanismos é justamente a reocupação dos espaços com outras linguagens que atraiam a população", destacou o professor Fonseca Neto.

Para Wellington Dias, o projeto se soma à proposta de revitalização do Centro da capital. "Uma série de intervenções foram e estão sendo feitas, tais como a recuperação do Teatro Vitória, o primeiro de Teresina; dos prédios situados perto da avenida Maranhão; o mercado de Teresina; o Museu da Imagem e Som e outros projetos que contam com o apoio do governo. O Centro precisa de um olhar especial", afirmou Wellington.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS