Por: Redação Rede Piauí
Repórter

Sefaz implanta projeto para tirar dúvidas do cidadão pela internet

A plataforma é uma iniciativa da Unidade de Atendimento da Sefaz (UNICAT), em parceira com a Unidade de Tecnologia da Informação (UNITEC) e a Intelit.

IPVA,  agenda tributária, documentos eletrônicos, TVI /CVI. Algumas destas siglas você já deve ouvido falar. Mesmo assim há muitas dúvidas por parte do cidadão com relação aos mesmos. Como forma de facilitar e dar acesso rápido às pessoas a Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ) iniciou este mês o projeto “Fale com a Sefaz”.

A pretensão do projeto é resolver os problemas das pessoas de maneira rápida e eficiente. “Esse novo projeto é um sistema de atendimento pela internet que objetiva oferecer ao contribuinte/cidadão o máximo de resolutividade, de forma direta e eficiente”, explica o coordenador de atendimento da Unidade de Atendimento (UNICAT) da Sefaz, Wagno Linhares.

Nesta primeira etapa a plataforma vai disponibilizar atendimento para os serviços de: 1) Cadastro: abertura, alteração, reativação e baixa de empresas; 2) CPF na Nota – Programa da Nota Fiscal Piauiense; 3) IPVA – Imposto sobre propriedade de veículos automotores; 4) Ouvidoria: Críticas, elogios, sugestões ou denúncias; 5) Posto Fiscal (trânsito de mercadorias); 6) Outros destaques, entre estes Agenda Tributária, Consulta protocolo, Documentos eletrônicos, TVI / CVI, etc.

O “Fale com a SEFAZ”, também via disponibilizar para o cidadão se cadastrar e ter acesso ou pedir uma nova senha da Nota Piauiense, também pode consultar lista de sorteados, dentre outros serviços. Além disso, você poderá gerar boleto para pagamento do IPVA, consultar situação do veículo, consultar se está em situação irregular, fazer críticas, sugestões, elogios ou denúncias, etc.

A plataforma é uma iniciativa da Unidade de Atendimento da Sefaz (UNICAT), em parceira com a Unidade de Tecnologia da Informação (UNITEC) e a Intelit.

Para acessar o serviço de atendimento da plataforma basta acessar o site www.sefaz.pi.gov/falecomasefaz . A plataforma também vai acumular os serviços de ouvidoria que já havia sendo realizado pela Sefaz.
imagem reprodução sefaz

Notícias

MAIS NOTÍCIAS