Por: Victória Ribeiro
Repórter

Membros do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável são empossados

O governador deliberou durante a cerimônia de posse dos novos membros nesta quinta-feira (01)

Nessa quinta-feira (1º), o governador Wellington Dias participou da cerimônia de posse dos novos membros do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável (CEDs). A ação foi realizada no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

conselho do estadoO evento contou coma presença da vice-governadora Margarete Coelho, da senadora Regina Sousa, do deputado estadual João de Deus, deputado Federal Júlio César, além de secretários de Estado e lideranças do interior./ foto Crédito: Portal do Governo.

Ao CEDs é atribuído para a responsabilidade de discutir e deliberar políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado, com perspectiva de contribuir com um planejamento territoralizado, combatendo as desigualdades sociais, desenvolvendo as 12 microrregiões piauienses e otimizando os recursos.

‘’É fundamental que esse conselho possa discutir as ações que são mais estratégicas e, acima de tudo, possa contemplar o elenco de demandas que existe nos mais diversos territórios O conselho representa uma organização de planejamento do Estado, que permite uma participação mais efetiva e democrática dos setores da sociedade civil na definição, execução e acompanhamento das políticas públicas.’’ Explicou o secretário de Estado do Planejamento, Antônio Neto.

As definições apontadas no conselho são vitais para o desenvolvimento de cada região. A lei de Criação dos territórios foi datada em 2007 e vem sendo fortalecida por meio da Rede de Planejadores (REDEPLAN), em parceria com o Sistema de Monitoramento do Estado, SIMO.

 “O Piauí tem 12 territórios de desenvolvimento, desde o litoral até a Chapada das Mangabeiras. Em cada região, é necessário saber das necessidades, para, assim podermos definir para onde irão os investimentos em educação, saúde, infra-estrutura, segurança, social, agricultura. Para tanto, é necessária uma interação junto à bancada federal, a Assembleia Legislativa, municípios e setor privado”, concluiu o governador Wellington Dias.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS