Por: Redação Rede Piauí
Repórter

PM do Piauí faz barreira contra entrada de armas e drogas no litoral

Poucas ocorrências policiais foram registradas durante esse período de carnaval

A Polícia Militar do Piauí fez uma barreira policial no litoral, na tentativa de evitar a entrada de armas e drogas no estado na divisa com o estado Ceará.

Segundo estimativa do governo do Estado, mais de 100 mil pessoas devem ter visitado o litoral do Piauí, o que aumenta a possibilidade de tráfico de drogas e crimes por armamento.

barreira policial
Crédito: Portal Cidade Verde

Poucas ocorrência policiais foram registradas ontem, 12, mas é preciso ter todo o cuidado com a prevenção da segurança dos foliões.

Na região da localidade Camurupim, que dá acesso a Barra Grande e a divisa com o Ceará, a vigilância é permanente. Para o Coordenador do Centro Integrado de Segurança Pública, capitão Audivan Nunes, a troca de informações com a polícia cearense está sendo positiva no ato de coibir a entrada de drogas e armamento.
"Além das barreiras, mantemos contato permanentemente com as forças policiais do Ceará. Com esta troca de informações podemos monitorar situações suspeitas entre os dois Estados, garantindo evitar a entrada de drogas e armas", ressalta o capitão. 

O Secretário de Segurança do Estado foi pessoalmente acompanhar o trabalho e é positivo quanto ao resultado na queda de ocorrência policiais graves no Carnaval de 2018.

"Assim como em 2017, esperamos ter o Carnaval mais tranquilo do país. Aqui, no Centro Integrado, em Luis Correia, até o momento também observamos que temos uma situação de tranquilidade, apesar da grande quantidade de pessoas circulando", completa o secretário.

Fábio Abreu, secretário de Segurança
Reprodução SSP/PI

Barreiras educativas também estão orientando motoristas e passageiros sobre vários serviços através de profissionais da Secretaria de Segurança, Detran, Secretaria de Saúde e Secretaria de Turismo. 

Notícias

MAIS NOTÍCIAS