Por: Redação Rede Piauí
Repórter

Ministério da Saúde suspende repasses de recursos para 49 cidades do Piauí

O Estado tem o maior número de cidades com irregularidades cadastrais no Nordeste

Através de portaria publicada no fim da tarde desta quarta-feira (01), o Ministério da Saúde suspendeu a transferência de recursos financeiros referentes a ações de vigilância sanitária para 771 municípios brasileiros. Destes, 49 são do Piauí, o estado com maior número de cidades com irregularidades nesse cadastro.

Ministro da Saúde Ricardo Barros
Ricardo Barros, Ministro da Saúde. Foto: IG

A relação foi publicada no Diário Oficial da União informando ainda que o cancelamento dos repasses foi necessário devido a constatação de irregularidades no monitoramento realizado durante o mês de agosto em todos os estados do território brasileiro.

Estão suspensos os repasses referentes aos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro deste ano.

Confira a relação das cidades que tiveram os repasses suspensos:

Alvorada do Gurguéia

Anísio de Abreu

Aroeiras do Itaim

Avelino Lopes

Barra D´Alcântara

Barreiras do Piauí

Belém do Piauí

Boa Hora

Buriti dos Montes

Caracol

Castelo do Piauí

Colônia do Gurguéia

Cristalândia do Piauí

Cristino Castro

Curimatá

Dirceu Arcoverde

Fartura do Piauí

Floriano

Francinópolis

Francisco Santos

Gilbués

Guaribas

Jacobina do Piauí

Jatobá do Piauí

Juazeiro do Piauí

Júlio Borges

Lagoinha do Piauí

Luís Correia

Miguel Alves

Monte Alegre do Piauí

Olho D´agua do Piauí

Padre Marcos

Pau D´arco do Piauí

Redenção do Gurguéia

Santa Luz

São Francisco de Assis do Piauí

São Gonçalo do Gurguéia

São Gonçalo do Piauí

São José do Divino

São José do Piauí

São Lourenço do Piauí

Sebastião Barros

Sigefredo Pacheco

União

Várzea Branca

Vila Nova do Piauí

Notícias

MAIS NOTÍCIAS