Por: Pedro Henrique Santiago
Repórter

Homem é preso em São Paulo após aplicar golpes no Piauí

Carlos Alberto foi indiciado pelo MPF por fazer parte de uma pirâmide imobiliária

Um homem identificado como Carlos Alberto Rotermound, foragido da justiça desde 2014, acabou preso ontem, 13, em São Paulo, acusado de aplicar um golpe imobiliário no Piauí. O golpista teria enganado mais de 100 pessoas no Piauí. 

Routermound é oriundo do Rio Grande do Sul , e teria aplicado golpes dessa natureza em mais de  12 mil pessoas em todo o país com o  “Fundo Rotativo Solidário de Habitação” para aplicar o golpe. O fundo tem como objetivo financiar habitações. 

O golpe funcionava da seguinte maneira: ele arrecadava mensalmente uma quantia das vítimas e prometia que elas receberiam o financiamento. Os clientes que indicavam mais pessoas para buscar o financiamento, ele prometia que mais rápido conseguiria ser contemplado.

Homem é preso por aplicar golpes imobiliários
Carlos Alberto prometia conceder crédito imobiliário para quem indicasse mais pessoas/crédito: divulgação

O Ministério Público do Estado havia denunciado o falso empresário, após a Delegacia de Combate ao Crime contra a Ordem Tributária, em 2014, por crime contra a economia popular. A justiça determinou a prisão preventiva do homem, que passou a ser considerado foragido.

Além de aplicar golpes imobiliário, Routermound é apontado pelo Ministério Público Federal, como operador de um esquema de pirâmide para captar recursos e conceder cartas de créditos para imóveis.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS