Por: Thiago Andrade
Repórter

Guarda Municipal paralisa os serviços por 72 horas em Teresina

Recentemente, apenas 100 guardas estão trabalhando nas ruas da capital

Os guardas municipais de Teresina resolveram em assembleia paralisar os serviços por 72 horas, a começar no sábado (3), a partir das 10 horas. A determinação aconteceu em um encontro na tarde desta terça-feira (30) e será comunicada oficialmente à Prefeitura de Teresina amanhã (31).

Recentemente, apenas 100 guardas estão trabalhando nas ruas da capital, porém aproximadamente 200 estão “em casa apenas recebendo o salário, pois não tem equipamento para trabalhar”, falou o presidente do Sindicato dos Guardas Civis Municipais de Teresina (SindGCM-THE), Geilson Sousa.

Categoria decidiu por paralisação em assembleia realizada na tarde desta terça-feira (30)Categoria decidiu por paralisação em assembleia realizada na tarde desta terça-feira (30) Foto:Cidade Verde

O presidente do sindicato esclareceu que a classe exige melhores salários, estrutura e equipamentos para o trabalho, e a otimização do processo de constituição do estatuto.

“Nós vamos paralisar no sábado e retornar na segunda. Nesse período, apenas 30% ficará em atividade, como determinada a lei. Então, se no plantão só possui uma equipe de 25 pessoas, será 30% dentro desse número. Hoje, nós somos em 100 guardas atuando, mas cerca de 200 estão em casa só recebendo o salário porque não tem equipamento para trabalhar”, afirma o presidente.

Um ato está previsto para segunda-feira (5) em frente a Prefeitura de Teresina, a partir das 10 horas

Notícias

MAIS NOTÍCIAS