Por: Pedro Henrique Santiago
Repórter

Em Floriano, vigilante é posto em liberdade após acusação de estupro

Pela proximidade que tinha com as crianças, foi pedido a prisão preventiva do homem

O vigilante preso na última terça, 5, por ser acusado de estuprar pelo menos quatro crianças em Floriano, foi colocado em liberdade nesta quinta, 07.

O homem identificado como Paulo de Traso Oliveira Varão, de 57 anos, é suspeito de ter estuprado pelo menos quatro crianças na escola em que trabalhava como vigilante. O pedido de prisão preventiva dele foi pedida pela proximidade e fácil acesso que tinha às crianças que sofreram abuso.

Pedofilia
O acusado irá responder em liberdade / Crédito: Reprodução Internet

FLORIANO REGISTRA CASOS DE ESTUPROS E AGRESSÕES

A cidade de Floriano está se notabilizando por crimes contra crianças, adolescentes e mulheres. Além do vigilante, acusado de estuprar crianças no interior da escola, esta semana, um homem identificado como Alan Kardec, foi preso acusado de ter estuprado as duas filhas e agredido sua mulher. A vítima registrou Boletim de Ocorrência contra o homem.

Em novembro, um homem foi preso em flagrante após ter sido filmado enquanto estuprava uma garota de 10 anos.

No dia de ontem, 7, um empresário da cidade foi preso após agredir a namorada com um facão. O homem estava foragido, e foi preso na cidade de Presidente Dutra, no Maranhão. A prisão preventiva havia sido decretada desde o dia 14 de novembro, 48 horas após a ocorrência do crime.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS