Por: Redação Rede Piauí
Repórter

Dono de escola de Teresina é preso acusado de estupro de crianças

Proprietário da escola Minos e Minas foi preso nesta sexta (26)

** Atualizada às 09h19 **

Antônio Monteiro Neto Filho
, proprietário da escola Centro de Ensino Minos e Minas, foi preso no início da manhã desta sexta-feira (26), na região centro-sul de Teresina, acusado de ter estuprado três alunas, menores de 14 anos de idade. Segundo as investigações, a violência sexual teria acontecido dentro da própria escola, que funciona no bairro Ilhotas, na capital.

Escola Minos e Minas
Proprietário da escola infantil Minos e Minas é preso em Teresina. (Foto: Reprodução).

A Polícia Civil do Piauí efetuou a prisão do acusado, após mandado de prisão preventiva. De acordo com o delegado Jetan Pinheiro, que acompanha a equipe da DPCA, as denúncias são bem contundentes. "Os estupros teriam acontecido dentro da própria escola. Os relatos são muito fortes", informou.

Ainda de acordo com o delegado Jetan, o inquérito policial já está concluído e enviado à Justiça. "Hoje recolhemos computadores da escola, tablet, celular pessoal dele e submetemos tudo à perícia para detectar qualquer coisa que por ventura ele tenha apagado e que possa ser usado como prova e também para saber se há outras vítimas", completou. A denúncia teria partido de uma mãe junto ao conselho tutelar, há cerca de dois meses.

Ele nega as acusações

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, Antônio Monteiro nega todas as acusações. No entanto, a polícia tem depoimentos de três mães, exames de perícias, exames psicológicos junto às crianças envolvidas. A prisão preventiva é justamente para que as investigações possam ser concluídas de maneira mais efetiva.

Aguarde mais informações.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS