Por: Thiago Andrade
Repórter

Confirmação de matrículas de escolas estaduais se encerra na sexta (5)

As aulas estão previstas para começar no dia 19 de fevereiro

Depois do termino das matrículas online para o período letivo de 2018, das escolas regulares, os estudantes têm até a próxima sexta-feira (5) para confirmarem as matriculas da rede estadual de ensino. As aulas estão previstas para começar no dia 19 de fevereiro e as escolas podem fazer seus calendários de acordo com eventos internos e externos, como a Copa do Mundo.

Rejane Dias destaca que integração entre gestores estava dando certoRejane Dias destaca que integração entre gestores estava dando certo  (Foto:Ascom/Seduc)

De acordo com o Edital nº 018/2017, após a matrícula online realizada em dezembro, a matrícula deve ser efetivada na unidade de educação escolhida pelo aluno, no período de 2 a 5 de janeiro de 2018. Nesse período também termina a confirmação da renovação de matrículas dos estudantes que já frequentam as escolas e também daqueles que serão remanejados.

A diretora da Unidade de Gestão e Inspeção Escolar (UGIE), Ana Rejane, explica que o os calendários das escolas regulares e das escolas de Tempo Integral da Seduc estão prontos e publicados desde novembro de 2017.

“Nossas escolas já estão na fase final de matrículas, confirmando quem realizou a matrícula online e realizando a renovação dos alunos que já estavam em nossa rede’’ declara a diretora.

As matrículas podem ser feitas nas etapas e modalidades de Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Profissional, Educação de Jovens e Adultos e Proeja. Algumas escolas da rede estadual realizaram exame classificatório por causa da grande demanda, com os alunos sendo definidos por seleção.

Tempo Integral
 

A confirmação da matrícula na modalidade Tempo Integral deve ser feita entre os dias 08 a 12 de janeiro nos Centros de Educação de Tempo Integral (CETI). O Tempo Integral foi ampliado na rede pública de Ensino. No começo, 14 unidades de ensino funcionavam nessa modalidade, atendendo mais de quatro mil alunos.

A secretária da Educação, Rejane Dias, destaca que esse trabalho integrado de gestores, professores e alunos revelou que o programa estava dando certo e trazendo qualidade para o ensino do Estado.

 

Notícias

MAIS NOTÍCIAS