Por: Pedro Henrique Santiago
Repórter

Casos de Hanseníase preocupam a prefeitura de Picos

Em relação ao ano passado houve um aumento de pessoas com a doença

Segundo dados da coordenadoria municipal de controle, foram diagnosticados 99 casos de hanseníase em Picos. Cerca de 60% dos casos os pacientes estão localizados na região em torno da cidade.

Para o coordenador de controle a hanseníase do município, Gilberto Valentim, os dados mostram que a doença não está só em Picos e que é preciso um trabalho em conjunto com as cidades vizinhas para que a doença seja controlada. “Esses dados trazem para nos um indicador diferenciado. Precisamos traçar estratégias para o controle da doença em toda a região”, explicou o coordenador de controle a hanseníase de Picos, Gilberto Valentim.

casos de hanseníase em Picos
60% dos casos são de pessoas que moram na microregião de Picos / Crédito: Reprodução Internet

Do número total, 40 pessoas moram na cidade picos. Em relação ao anterior, o número de pessoas com a doença, foi cerca de 31 casos diagnosticados, o que representa um aumento.

O coordenador explica que com o diagnóstico tardio, a doença aconteceu de forma transmissível em 31% dos casos. “Precisamos trabalhar as equipes da saúde da família, não somente de Picos, mas da macrorregião para diagnosticar e tratar os pacientes no tempo oportuno e precoce, para quebrar a cadeia de transmissão”, esclarece.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS