Por: Redação Rede Piauí
Repórter

Caso Emily: PMs serão indiciados por homicídio e fraude processual

Os policiais militares que fizeram a abordagem responderão criminalmente

Daiane Félix, mãe da garota Emily Caetano, que foi vítima de uma abordagem equivocada da Polícia Militar na semana passada, esteve nesta terça-feira (02) entregando documentos que farão parte do inquérito policial que será finalizado ainda essa semana. O inquérito pede o indiciamento dos policiais que fizeram a abordagem, por homicídio qualificado e fraude processual.

Mãe de Emily foi a delegacia levar documentação
Mãe de Emily esteve na Delegacia de Homicídios para levar documentos. (Foto: Wilson Filho / Cidadeverde).

A mãe de Emily esteve na Delegacia de Homicídios acompanhada do Conselho Tutelar e uma representante do Comitê de Combate à Tortura e Rede Latino Americana pelos Direitos da Criança e Adolescente. Elas devem fazer presença também na sede do Quartel Geral da PM-PI, para cobrar a expulsão dos militares da Corporação que se envolveram na ação.

"A versão da Daiane, de que os PMs atiraram no carro parado foi confirmada por cinco ou seis testemunhas já ouvidas. O carro estava parado e não havia necessidade de uma abordagem daquela maneira", informou o delegado Francisco Costa, o Baretta.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS