Por: Pedro Henrique Santiago
Repórter

Artistas de Teresina promovem show beneficiente para pai de Emily

PMS serão indiciados por homicídio e fraude processual

Alguns artistas de Teresina irão se reunir hoje, às 21 horas, no bar Novo Point Sul, para arrecadar fundos para ajudar o cantor Evandro Costa que perdeu a filha Emily, vítima de uma abordagem mal conduzida por dois PMs.

Após ter alta no domingo, 31, o cantor soube que perdeu 100% da audição do ouvido esquerdo, além de perder a sua filha e ter sua mulher alvejada de raspão por uma bala no pescoço.

Por conta do caso, o cantor teve sua agenda de show cancelada e como a família sobrevivia do que ele ganhava cantando em bares da capital, no atual momento, passam por dificuldades.
 
o evento vai contar com partipações de Darly Suzan, Trio Arre Égua, Flávio Moura, Marcos Leal, Marlon e Liana, Donna Fulô e outras bandas.

PMs SERÃO INDICIADOS POR HOMICÍDIO E FRAUDE PROCESSUAL

O inquérito pede o indiciamento dos policiais que fizeram a abordagem, por homicídio qualificado e fraude processual.

Os policiais militares envolvidos teriam alterado a cena do crime com a intenção de atrapalhar o trabalho de investigação da perícia da Polícia Civil. 

Segundo o delegado Baretta, chefe de investigação da  Delegacia de Homicídios, os policiais Aldo Luís e  Francisco Alves teriam coletado as cápsulas deflagradas da cena do crime e apresentado uma viatura que já havia sido atingida há um tempo que não corresponde com o período do acontecimento com a família. “Eles arrecadaram os estojos, mas o perito criminal ainda pegou alguns, e tentaram apresentar uma viatura com disparo antigo, para dar a entender que alguém tinha atirado contra eles”, diz o delegado Baretta.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS