Por: Redação Rede Piauí
Repórter

Águas de Teresina pede aumento de tarifa; agência nega

A agência reguladora negou o pedido e já publicou a decisão no Diário Oficial dos Municípios

A empresa Aegea (Águas de Teresina), solicitou no último dia 23 de novembro junto à Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete), reajuste das tarifas de serviços de água e esgotos da capital. A informação está na coluna de Zózimo Tavares, no portal Cidadeverde.

Águas de Teresina pede reajuste de tarifa
Águas de Teresina pede reajuste de tarifa. (Foto: Reprodução).

Se autorizado, este seria o segundo aumento de tarifas de água somente este ano. O primeiro após a Aegea assumir a gestão de águas e esgotos da capital. Um outro aumento já havia entrado em vigor em agosto último, quando a gestão ainda era feita pela Agespisa.

No expediente protocolado para este novo reajuste, a Aegea solicitou correção de 2,9% para 4,9% com efeito retroativo a agosto. A gestora pediu ainda antecipação do reajuste da tarifa de junho de 2018, já para janeiro próximo.

Um pedido de aumento para a tarifa de serviços de esgotos também está entre os pedidos da Aegea. A tarifa hoje cobrada é de 50% do valor da tarifa de água. O pedido solicita um reajuste de 100% nessa tarifa.

Arsete nega pedido da Aegea para aumento de tarifas

A agência que regula os serviços públicos em Teresina, Arsete, negou os pedidos da Águas de Teresina. Para a Arsete, os pedidos são intempestivos e improcedentes. A decisão foi publicada no Diário Oficial dos Municípios no último dia 07 de dezembro.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS