Por: Victória Ribeiro
Repórter

Adapi adia prazo de certificação e comparecimento de criadores do PI

Novo prazo é até dia 12 de janeiro de 2018

Foi prorrogado para o dia 12 de janeiro, pela Coordenação do Programa Estadual de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa (Peefa) da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), o prazo para que os criadores compareçam para atualizar seus dados e certifiquem o seu rebanho bovídeo vacinado nesta etapa.

Deve procurar o escritório da Adepi em que foi cadastrado, todos os criadores, com a nota fiscal de aquisição das vacinas em mãos, os documentos pessoais e as informações sobre seus animais acima de 24 meses, mesmo quem não possuir animais na faixa etária de vacinação deve comparecer.

No caso de inadimplência estão passiveis de sanções, que serão avaliadas de acordo com a situação fiscal de cada. A agencia dará o início na pós-etapa, no final do prazo da certificação e atualização, quando fiscais da Adapi abrem investigação a fim de descobrir as propriedades que não realizaram vacinação ou então que não atualizaram as informações e de intervir junto com os criadores para conscientizá-los.

Aconteceram várias conquistas desde a fundação da Adapi, que ocorreu em 2006, como mudança do status sanitário, de risco desconhecido para área livre de Febre Aftosa com vacinação e a certificação pela OIE, Organização Mundial de Saúde Animal. Já os novos planos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Estado caminha para em breve poder ser classificado como Área Livre de Febre Aftosa Sem Vacinação.

Notícias

MAIS NOTÍCIAS